quinta-feira, 1 de abril de 2010

PSD quer chamar munícipes a discutir assuntos do concelho

O vereador eleito pelo PSD João Armando Gonçalves manifestou, na reunião do executivo municipal de 30 de Março de 2010, a sua “perplexidade” pela ausência da apresentação de propostas dos munícipes em diversas consultas públicas realizadas pela Câmara Municipal da Figueira da Foz.

Temos que ser mais pró-activos para trazer os munícipes à discussão dos assuntos que são do interesse dos próprios cidadãos”, desafiou João Armando Gonçalves, durante a apreciação final do “Regulamento de Urbanização, Edificação e de Taxas e Compensações Urbanísticas”.

O PSD absteve-se na votação deste ponto pois é no próprio regulamento que encontra o motivo que leva os munícipes a afastarem-se da participação no período de discussão pública.

Não me parece que este seja um regulamento amigo do cidadão e acho que perdemos aqui uma oportunidade para disciplinar melhor o nosso território municipal. Podíamos ter ido mais longe para qualificar o espaço onde vivemos”, afirmou.

Também o aumento das taxas relativas às licenças de construção e a disparidade dos valores cobrados nas zonas rurais e urbanas do concelho mereceu o reparo do vereador social-democrata.

As regras aplicadas ficam muito aquém do que poderia ser feito. Por exemplo, o aumento dos valores cobrados nas zonas rurais do concelho é maior do que nas zonas urbanas”, denunciou João Armando Gonçalves.

0 comentários:

Publicar um comentário